quinta-feira, dezembro 31

Covarde

Disse que a amava,
disse muitas vezes.
Disse tanto que ela não o ouviu.

Disse que morreria por ela,
disse muitas vezes.
Disse tanto que ela fugiu.

Disse que morreu,
disse muitas vezes.
Disse tanto que morreu uma só.

Nenhum comentário:

Postar um comentário