domingo, maio 2

-

E quem é você para dizer que eu mentia?
Fingir agora que nada foi mais que nada é mentir.
E qual de nós mente agora?
Eu minto, admito.
Mas você, você sente?

Um comentário:

  1. Já fazia um longo tempo que eu não passava por aqui, senti saudades de teus maravilhosos textos, de suas poesias. A correria está demais. Por isso a demora, em dar uma passadinha no blog. Mas, realmente, estava com saudades.

    Olha lá no meu blog, tem selinho pra ti!

    ResponderExcluir