sexta-feira, janeiro 1

ZUZUUZ

Vou acender agora um cigarro.
Não dos de sempre, só pra variar.
Vou assistir atento ao começo
e vou tentar lembrar disso no final.

Parece tudo simples,
é barato falar que é.
A sinceridade às vezes dói
até mais que a mentira descoberta.

Eu sei, desconexos.
Mas assim foi saindo.
Rima? Métrica? Dia Mundial da Paz!
Não me encha o saco.

Por que verso?
Porque é chato ler um bloco de texto.
Você leria? Tá.
Eu também.

Vou parar, vou começar,
vou trocar, vou amar.
Ou não.

Nenhum comentário:

Postar um comentário